L O V E

Jan 13

Tem momentos que não podem ser descritos com palavras, só sentindo para saber como é.

Nov 26

O meu amor por você é inédito. Novo e maduro – como pode? Penso, sinto e quero você.  Hoje, amanhã e na medida sem fim do tempo.  Quando estou em silêncio e lembro que você existe eu sinto paz. Suspiro aliviada. Quero vestir o seu abraço e sair com ele por aí, como um colete à prova de balas.  Abraço longo, apertado, quente. Quero mais, me abrace mais. Mais um pouquinho. Vai sempre faltar abraço pra minha sede dele. Sei que dentro de você moram sorrisos. Alguns você deixa escapar, os outros esconde no escuro, pra eu procurar. E eu gosto do jogo. Gosto também das suas mãos nas minhas, das suas mãos tomando conta de mim. Não quero viver sem suas mãos por perto. Não sei aprender isso. É que esse meu amor inédito parece que nasceu junto comigo.

O meu amor por você é inédito. Novo e maduro – como pode? Penso, sinto e quero você.  Hoje, amanhã e na medida sem fim do tempo.  Quando estou em silêncio e lembro que você existe eu sinto paz. Suspiro aliviada. Quero vestir o seu abraço e sair com ele por aí, como um colete à prova de balas.  Abraço longo, apertado, quente. Quero mais, me abrace mais. Mais um pouquinho. Vai sempre faltar abraço pra minha sede dele. Sei que dentro de você moram sorrisos. Alguns você deixa escapar, os outros esconde no escuro, pra eu procurar. E eu gosto do jogo. Gosto também das suas mãos nas minhas, das suas mãos tomando conta de mim. Não quero viver sem suas mãos por perto. Não sei aprender isso. É que esse meu amor inédito parece que nasceu junto comigo.

Pena que a gente se envergonhe de dizer, a gente não devia ter vergonha do que é bonito…

Nov 21

Tô começando a achar que talvez o meu coração que seja bipolar. Tem horas que ele ainda quer tá perto, tem horas que ele acha que esqueceu, tem horas que ele sente saudade, tem horas que sente raiva… e tem dias que ele sonha contigo. Tipo ontem a noite.

Eu vivo dizendo para mim mesma: Não crie expectativas. E o que eu faço? Crio expectativas pela primeira bobeira que me prometem.

Eu ignoro, desprezo, não corro atrás mas acredite, eu me importo.

Eu vou continuar deixar você falando, mesmo que o assunto não me interesse, só pra ouvir sua voz. Eu vou deixar você rir das coisas mais bobas e que pra mim realmente não tem graça, só pra ver você sorrir. Vou deixar que você ouça as músicas que mais goste, ainda que eu as odeie, só pra te ouvir cantando toda boba. Eu vou deixar que você fique me olhando até sem querer, mesmo que me deixe sem graça, só pra ver como ficam seus olhos quando me observam. Vou deixar você me pedir o que quiser, só pra que eu realize os seus pedidos. Vou deixar você tendo seus ciúmes sem sentido, só pra te ver com aquela carinha de quem tem razão. Vou fazer de tudo por você, só não vou deixar que você me deixe, eu não saberia continuar se não tivesse você. Então deixa que eu te cuido, deixa que eu te tenha, deixa, pode deixar, deixa que eu vou saber te amar.

Nov 18

nhac

nhac